Região Sudeste

por 02297344139 publicado 19/08/2015 11h40, última modificação 19/08/2015 14h28

BR-381/MG

As obras  

As obras da BR-381/MG inclui Duplicação, Restauração e Adequação de Capacidade da via, totalizando 303 quilômetros de extensão que foram divididos em 11 lotes de obras. Além da importância estratégica para o desenvolvimento da economia, não só da Região, mas do país, a duplicação da BR-381 é fundamental para reduzir o número de acidentes no trecho. Ao longo do segmento encontra-se o maior polo siderúrgico da América Latina. A duplicação também facilitará o acesso ao complexo portuário de Tubarão (ES) e o fluxo de importação/exportação.
No trecho onde serão executadas as obras – entre o anel rodoviário de Belo Horizonte até o município de Governador Valadares -, residem irregularmente, aproximadamente 8 mil famílias. Os ocupantes dessas áreas precisam ser removidos para outros locais com condições de moradia adequadas.
Para realizar os trabalhos de cadastramento, desenvolvimento de ações sociais e conciliação foi formalizada uma parceria entre o DNIT e diversos órgãos/instituições: Ministério Público Federal (MPU), Defensoria Pública da União (DPU), governo do Estado (MG), Caixa Econômica Federal (CEF) e Comunidade de Moradores do Anel Rodoviário (CMAR).
As famílias são cadastradas e entrevistadas por assistentes sociais e psicólogos, e suas casas são marcadas, fotografadas, recebendo uma selagem (identificação). De acordo com a situação socioeconômica apresentada, cada família terá um encaminhamento. Se for constatada que é vulnerável, ou seja, sem condições mínimas de moradia e acesso aos serviços considerados essenciais, como educação, saúde, transporte e acessos a redes de energia, água e saneamento básico, será indenizada, beneficiada com a compra assistida ou encaminhada aos programas de moradia, como Minha Casa Minha Vida.

Notícias sobre a obra

PARCEIROS: