Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pernambucanos constatam mudança nas rodovias

Notícias

Pernambucanos constatam mudança nas rodovias

Quase 70% da malha federal em Pernambuco foram restaurados e são mantidos em ótimas condições de tráfego
por publicado: 26/10/2010 14h14 última modificação: 25/05/2015 07h46
Quase 70% da malha federal em Pernambuco foram restaurados e são mantidos em ótimas condições de tráfego

Quase 70% da malha federal em Pernambuco foram restaurados e são mantidos em ótimas condições de tráfego

 

“Eu moro em Arcoverde, mas passo os dias aqui na rocinha do meu filho. Cuido da casa enquanto ele e meus netos tão na labuta”. Comenta Dona Maria do Carmo, na propriedade localizada no km 11 da BR-424, no município de Pedra/PE.
 
Se o peso da idade não lhe atrapalha, não será a distância até a sede do município de Arcoverde/PE que vai impedi-la. Dona Maria do Carmo comenta que vai e volta todos ao dias num ônibus que faz o trajeto em menos de 15 minutos. Há dois anos, isto era impossível, pois os buracos, além de atrasar, deixavam a viagem muito cansativa.
 
A melhoria da BR-424 foi realizada por meio de contratos do tipo CREMA – Contrato de Restauração e Manutenção de Rodovias. Isto significa que a empresa licitada para fazer a restauração é responsável pela sua manutenção durante o ano seguinte, mantendo as boas condições da pista por mais tempo.
 
Em Pernambuco, milhares de pessoas, como dona Maria, também se beneficiam do resultado do CREMA. As obras atingiram todas as regiões do Estado, num total de 1.378 quilômetros de rodovias federais. Para isto, o DNIT investiu R$ 230,3 milhões, com recursos do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento.
 
Com o final dos contratos em andamento, o DNIT dará sequência a seu trabalho de revitalização. No próximo ano, as rodovias federais serão alvo das obras dos contratos do CREMA 2, com intervenções mais profundas no pavimento e com cinco anos de duração. Segundo dados da DPP – Diretoria de Planejamento e Pesquisa da Autarquia, até junho do próximo ano, 32 mil quilômetros de rodovias estarão com contratos deste tipo.
             
RODOVIAS RESTAURADAS COM CREMA EM PERNAMBUCO 
 
BR-104 - Da divisa com a Paraíba até a rodovia PE-160;
BR-104 - Da BR-232/Caruaru até a divisa com o Alagoas;
BR-116 – Da divisa com o Ceará até a divisa com a Bahia;
BR-232 – Entre Caetano-Pesqueira-Serra Talhada-Parnamirim;
BR-316 – Da divisa com o Piauí até Parnamirim;
BR-408 – De Timbaúba a Carpina;                        
BR-423 – De São Caetano até a divisa com o Alagoas;
BR-424 – De Arcoverde a Correntes;
BR-428 – Do entroncamento com a.BR 116/316 até Petrolina  
 
 
BR 104
Sinalização da BR 104 entre Agrestina e Caruaru
 
BE 235
BR 235 entre Arcoverde e Pesqueira
 
BR 424 Arcoverde
BR 424 no município de Pedra
 
 
BR 424 Pedra
BR 424 Pedra-Arcoverde
 
26/10/2010
 
Assessoria de Imprensa/DNIT