Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Nova carta náutica do Rio Madeira é fruto de parceria entre DNIT e Marinha do Brasil

Notícias

Nova carta náutica do Rio Madeira é fruto de parceria entre DNIT e Marinha do Brasil

INFRAESTRUTURA AQUAVIÁRIA

por publicado: 03/10/2018 09h18 última modificação: 03/10/2018 09h18

A Carta Náutica nº 4.353 do Rio Madeira, de Porto de Amparo a Porto Velho, foi lançada na última sexta-feira (28), em Niterói/RJ, como parte das comemorações do Dia do Hidrógrafo. O produto é fruto da parceria entre o DNIT e a Marinha do Brasil oficializada em 2015 para realizar levantamentos hidrográficos, atualização de cartas náuticas e implantar sinalização no Rio Madeira, entre Porto Velho e a foz. Para isso, o investimento total da autarquia será de R$ 49,9 milhões, até 2020.

O Diretor de Infraestrutura Aquaviária, Erick Moura, explicou que nos rios as modificações naturais são frequentes: “Por isso, as cartas fluviais têm que ser atualizadas a fim de garantir a segurança da navegação”, contou. A última edição completa do Atlas do Rio Madeira foi publicada em 1999. Desde então, atualizações pontuais têm sido sobrepostas àquele trabalho.

O lançamento aconteceu durante as comemorações do Dia do Hidrógrafo. O dia 28 de setembro marca o nascimento do Capitão de Fragata Manuel Antônio Vital de Oliveira, patrono da Hidrografia Brasileira e realizador da primeira campanha hidrográfica de grande envergadura em águas nacionais, entre a foz do Rio Mossoró e a Foz do Rio São Francisco. Vital de Oliveira foi morto em combate na Guerra do Paraguai.

Na ocasião, o Diretor, Erick Moura, o Coordenador-Geral de Gestão e Operações Aquaviárias, Antonio Caputo, o Coordenador de Operações Aquaviárias, Eliezé Bulhões, e a Chefe do Apoio de Gestão e Operações Aquaviárias, Bruna Barros, receberam o título de Hidrógrafo Honorário, destinado a pessoas que tenham contribuído de forma significativa com a hidrografia brasileira, junto a outros 20 militares e civis.

03/10/2018

ASCOM/DNIT