Fale com o DNIT
 
Você está aqui: Página Inicial Notícias Lançado edital de duplicação da BR-381 em Minas Gerais
Ações do documento

Lançado edital de duplicação da BR-381 em Minas Gerais

Com o empreendimento do PAC serão duplicados os 303 quilômetros da rodovia entre Belo Horizonte e Governador Valadares

Lançado edital de duplicação da BR-381 em Minas Gerais

Com duplicação a BR-381 terá melhorias no traçado, defensas e trechos em concreto e asfalto

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, e o diretor geral do DNIT, Jorge Fraxe, anunciaram na manhã desta quarta-feira (31/10), em Belo Horizonte, que o edital de licitação para execução das obras de duplicação da BR-381 está disponível. As empresas interessadas em realizar os serviços de adequação de capacidade da via entre a capital mineira e Governador Valadares podem obter o edital nº 654/2012 no sede, ou no site da autarquia federal. A abertura das propostas está prevista para o dia 17 de dezembro.
 
Nesta primeira fase, serão licitados seis lotes pelo Regime Diferenciado de Contratações - RDC, na modalidade empreitada por preço global (menor preço). Conforme previsto na lei 12.462/2011, que instituiu o Regime Diferenciado de Contratações Públicas - RDC, o orçamento para as obras é sigiloso, a fim de acirrar a competição entre os participantes da licitação.
 
As obras desta primeira etapa atingem uma extensão de 98 quilômetros. Elas abrangem a construção de nova pista e a restauração da atual, com trechos em pavimento rígido (concreto) e em asfalto . Com a adequação de capacidade, a rodovia ganhará novo traçado eliminando e diminuindo trechos sinuosos. Além disso, serão construídas 36 obras de arte especiais - OAEs (sendo 17 pontes e 19 viadutos, totalizando 3.970 metros); cinco túneis, numa extensão de 2.385 metros; 51 paradas de ônibus; 11 passarelas e quatro passagens inferiores; e implantados 50.500 metros de defensas - equipamento de segurança projetado para garantir desaceleração durante o impacto de veículos. O prazo para execução das obras é de 1.080 dias.
 
O empreendimento integra o Programa de Aceleração do Crescimento -PAC. O trecho a ser duplicado apresenta importância estratégica para a ligação da região Nordeste com a região Sul do país, inclusive com o Cone Sul.
 
Os lotes em licitação: Lote 3.1 – duplicação do trecho entre o entroncamento com a MG-320 (p/Jaguaraçu) e Ribeirão Prainha (km 288,4 – km 317);
Lote 3.2 – Construção dos túneis no Rio Piracicaba, com 825 metros;
Lote 3.3 – Construção dos túneis de Antônio Dias e Prainha, com 1280 metros;
Lote 4 – duplicação do trecho entre Ribeirão Prainha e o acesso sul de Nova Era (km 317 – km 335,8);
Lote 6 – duplicação do trecho entre o acesso a João Monlevade e o Rio Una (km 356,5 – km 389,5) e construção do túnel do morro Vieira com 280 metros;
Lote 8A – Duplicação do trecho entre o acesso a Caeté (MG-435) até a MG-020 – (km 427 ao km 445).
 
Mais obras – Na próxima etapa serão licitados os outros cinco lotes de obras (1,2,5,7 e 8B). Além da duplicação de mais 205 quilômetros de pistas, serão construídas 64 obras de arte especiais (17 pontes e 47 viadutos), 20 passarelas, 99 paradas de ônibus e mais 83.300 metros de defensas.
 
Clique aqui para acessar o edital.
 
31/10/2012
 
Assessoria de Imprensa - DNIT
Ações do documento