Você está aqui: Página Inicial > Notícias > DNIT cumpre compromisso histórico e finaliza a pavimentação da BR-163/PA até Miritituba

Notícias

DNIT cumpre compromisso histórico e finaliza a pavimentação da BR-163/PA até Miritituba

RETROSPECTIVA

Essa era uma das principais entregas do Governo Federal para 2019
por publicado: 13/12/2019 10h26 última modificação: 13/12/2019 10h26

Um momento histórico e tão aguardado – desde a década de 1970 - para a infraestrutura do Brasil veio em 2019 e no Estado do Pará. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em parceria com o Exército Brasileiro, interligou as duas faixas centrais da BR-163/PA com revestimento asfáltico. Essa etapa contemplou a pavimentação que faltava – em janeiro eram 51 quilômetros - para interligar o trecho Novo Progresso até Miritituba.

Essa foi uma das principais entregas do Governo Federal no ano. Assim, A Autarquia cumpriu uma diretriz do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do Ministério da Infraestrutura, de entregar a obra até o fim do ano. Tudo para garantir mais segurança para os caminhoneiros e eficiência para o escoamento da safra de grãos da região.

Mesmo com clima desfavorável e com os rigores meteorológicos, como a grande incidência de chuva na região, as obras não pararam na BR-163/PA. As equipes da Autarquia se esforçaram, de domingo a domingo, para concluir os serviços.

A pavimentação da BR-163/PA vai proporcionar o fluxo ininterrupto de caminhões que levam a safra de grãos do Centro-Oeste para os portos de Miritituba, no Rio Tapajós. A rodovia federal impulsionará a economia, escoando produtos agrícolas pelo Brasil e incrementando a exportação para outros países.

BR-230/PA – Ainda no Pará, o DNIT realizou obras de pavimentação da BR-230/PA, no trecho entre a cidade de Marabá e a divisa do Estado de Tocantins, popularmente conhecida como rodovia Transamazônica.

Esse trecho é um importante eixo de integração nacional na região. No total, 12 quilômetros que ligam a ponte sobre o Rio Araguaia, na divisa do Tocantins com o Pará, foram pavimentados. O trecho começou a ser pavimentado em 2003 – faltavam apenas esses 12 quilômetros -, mas as obras estavam paradas há 16 anos.

A pavimentação da BR-230/PA proporcionará melhorias na mobilidade de tráfego entre os dois estados federativos, Tocantins e Pará, contribuindo para a integração socioeconômica da microrregião de Marabá (PA), bem como da mesorregião do Sudeste Paraense e para microrregião do Bico do Papagaio, situada na mesorregião Ocidental do Tocantins.

Hoje, a rodovia Transamazônica é a terceira maior do Brasil, percorrendo os estados da Paraíba, Ceará, Piauí, Maranhão, Tocantins, Pará e Amazonas. A estrada possui cerca de quatro mil quilômetros de extensão e encontra-se em fase de obras em vários segmentos.

Outras obras de destaque na BR-230/PA estão sendo feitas nas pontes sobre o Rio Samurai (50 metros) e sobre o Rio Itapacurazinho (100 metros), próximas aos portos fluviais de Miritituba. Em ambos os empreendimentos, o DNIT realiza a substituição das estruturas de madeira por concreto. A previsão da Autarquia é concluir os dois serviços ainda este ano.

retroPA2.jpeg

Em 2019, também foi assegurada a manutenção das rodovias federais pavimentadas do estado. As estradas receberam serviços rotineiros de conservação e recuperação.

Coordenação de Comunicação Social - DNIT